Crenças limitantes: um obstáculo a ser vencido!


Quem nunca ouviu a frase: A felicidade não é para mim! Ou, Não fui feita para o amor! E essa: A vida é uma luta diária!

Pois é, muitas vezes não notamos o poder que essas frases têm de influenciar as nossas vidas. Nossa mente e nosso corpo reagem significativamente ao fluxo do pensamento. Esse tipo de frase, que costuma julgar o seu merecimento em relação aos fatos e as coisas, são como cicatrizes que ficam marcadas em seu subconsciente.

Assim, todas as vezes que, de alguma forma, você está próximo a alguma dessas conquistas é como se alguém gritasse dentro de você:

- Ei, isso não é para você! Aí não é o seu lugar!

Temos que tomar cuidado com algumas crenças que desenvolvemos ao longo de nosso caminho. Muitas delas carregamos há anos e nem temos consciência disso.

Essas crenças costumam estabelecer limites de onde podemos chegar, o que podemos conquistar, o que temos "direito" a ter.

Quando, por exemplo, eu encaro a vida como uma batalha, as coisas tendem a se tornar mais difíceis, pois nada é fácil em um campo de batalhas. Assim, até as coisas que eu poderia atingir com facilidade, acabo transformando em algo árduo, difícil de ser conquistado.

Quando eu exteriorizo que a felicidade não é para mim, eu costumo a sabotar os momentos de felicidade, uma vez que a minha mente já gravou tal informação. Assim, mesmo que eu viva a experiência da felicidade, eu não a reconheço como minha, pois eu já me julguei NÃO merecedor.


Mas como me livrar dessas crenças que me limitam?


  • Observe suas ações: Note, no seu comportamento e nas suas atitudes, quando você está realizando algo e parece ter uma voz interior que diz que você não é capaz, que você não merece, que aquilo não é para você, ou seja, como se fosse um "outro eu" debochando das suas conquistas, desmerecendo seu esforço, você saberá quando isso acontecer!

  • Identifique suas crenças: Após observar essa "voz interior" dê nome à ela. Nada melhor para lidar com os nossos medos, inseguranças e frustrações do que conhecê-los plenamente. Analise qual é a frase dita por essa "voz interior" e tente se lembrar de quantas vezes ela foi falada. Tente relacionar essa crença com algum momento ou situação da sua vida.

  • Altere sua voz interior: Questione sua crença. Pergunte por que você não merece? Por que aquilo não é para você? Tente achar respostas e, após essa discussão com você mesmo, estabeleça uma crença positiva anulando a anterior: Eu mereço! Eu posso!


Não desista! Lembre-se de que a única pessoa que pode impedir que você alcance os seus objetivos é você mesmo!

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo